Motoristas: como se proteger do coronavírus?

O transporte de cargas, como outros seguimentos, é considerado uma atividade essencial, pois garante o abastecimento de produtos como alimentos, materiais de limpeza, medicamentos, insumos hospitalares, entre outros. Sendo assim, essa atividade continua mesmo durante o período de enfrentamento da COVID-19.

Para garantir a saúde dos motoristas, frequentemente expostos ao coronavírus durante a jornada de trabalho, é necessário um planejamento cuidadoso das medidas de segurança.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Transmissão da COVID-19

A COVID-19 é uma doença respiratória. Se uma pessoa contaminada fala, tosse ou espirra, ela expele gotículas repletas de coronavírus no ar. Essas secreções, por sua vez, podem ser aspiradas por outra pessoa que esteja a menos de dois metros de distância.

Para piorar, os vírus se depositam em superfícies e sobrevivem por horas ou até dias! Tocar em um objeto contaminado e levar a mão à boca, nariz ou olhos pode resultar em infecção.

Nesse cenário, quais as recomendações para evitar a contaminação?

Recomendações para as empresas

Para as empresas, o mais importante é estar preparado e desenvolver um plano de ação para o período da pandemia:

  • providencie material de limpeza e equipamentos de proteção para os motoristas;
  • disponibilize álcool gel para os motoristas durante o horário de trabalho;
  • crie um material com as orientações de segurança a ser distribuído para os colaboradores e afixado em locais de grande visibilidade;
  • oriente diretamente os motoristas sobre as medidas de segurança, preferencialmente por meio de vídeos;
  • mantenha as orientações atualizadas de acordo com o que for recomendado pelas autoridades.

Recomendações para os motoristas

Em primeiro lugar, todos devem ser orientados sobre os procedimentos básicos de higiene e etiqueta respiratória, como lavar as mãos com frequência e tampar a boca com o braço, ou um lenço descartável, ao tossir ou espirrar. Além disso, outras recomendações são:

  • antes de se dirigir ao veículo, lave as mãos com água e sabão;
  • tenha sempre em mãos um rolo de papel toalha e um vidro de álcool 70% para limpar as superfícies internas (volante, alavanca de marchas, maçaneta interna da porta, controle dos vidros, controles do rádio, freio de mão etc);
  • mantenha com você um frasco de álcool gel para os momentos em que lavar as mãos não for possível;
  • mantenha, se possível, as janelas do veículo abertas;
  • durante o dia, em qualquer situação, evite tocar os olhos, nariz e boca;
  • no momento das entregas, evite contato próximo com outras pessoas, mantendo uma distância mínima de 2 metros;
  • o uso de máscaras caseiras tem sido recomendado pela maioria das autoridades sanitárias em situações em que a proximidade com outras pessoas não pode ser evitada (ver quadro de destaque);
  • ao final da jornada de trabalho, lavar as mãos com água e sabão, antes de ir embora.
  • o uso de máscaras caseiras tem sido recomendado pela maioria das autoridades sanitárias em situações em que a proximidade com outras pessoas não pode ser evitada (ver quadro de destaque);
  • ao final da jornada de trabalho, lavar as mãos com água e sabão, antes de ir embora.

 

Seguir essas recomendações durante o trabalho reduz de forma importante o risco de contaminação pelo coronavírus. Porém, não podemos nos esquecer de que, nesse estágio de transmissão comunitária, a infecção também pode acontecer no trajeto casa-trabalho ou trabalho-casa.

Sendo assim, evite fazer paradas desnecessárias e fique o mínimo de tempo possível na rua. Antes de entrar em casa, retire os sapatos e deixe-os do lado de fora. A roupa de rua deve ser colocada para lavar imediatamente. Só após o banho, tenha contato próximo com os seus familiares. Proteja-se e cuide bem de quem você ama!

 

Sobre o uso de máscaras

Máscaras cirúrgicas e especiais, como a N95, por exemplo, devem ser reservadas para os profissionais de saúde ou pessoas que estejam cuidando de pacientes com COVID-19.

É recente a recomendação de usar máscaras caseiras quando for necessário sair de casa, especialmente para visitar locais em que a proximidade com outras pessoas é inevitável.

Existem vários modelos disponíveis online, que podem ser confeccionados com camisetas de algodão, bandanas e outros tipos de tecido facilmente

O mais importante é que a máscara cubra totalmente o nariz e a boca, terminando firme embaixo do queixo.encontrados.

Outras dicas são:

  • use duas camadas de tecido;
  • troque a máscara a cada duas horas ou antes, se ela ficar úmida;
  • após o uso, deixe a máscara de molho na água e sabão por algumas horas, antes de lavá-la.

Quer saber mais?

Acesse o nosso material completo com tudo o que você precisa saber sobre o novo coronavírus

Siga nossas redes sociais: